Entendendo a Legislação Brasileira para Harmonização Orofacial

Hof - Harmonização Orofacial - Legislação

A Harmonização Orofacial (HOF) se tornou um importante ramo na área de estética e saúde no Brasil e no mundo. Com o surgimento de novas técnicas e avanços nesta área, é importante para profissionais e pacientes compreenderem a legislação que regula essa prática. No Brasil, a HOF é uma prática regulamentada e os profissionais que desejam se especializar nesta área devem estar cientes de todas as normas estabelecidas.

A Resolução CFO-198/2019 do Conselho Federal de Odontologia (CFO) reconhece a HOF como uma especialidade dentro da odontologia. Essa resolução estabelece normas para a prática da harmonização orofacial por cirurgiões-dentistas, incluindo os requisitos de formação e as restrições sobre os tipos de procedimentos que podem ser realizados.

Hof - Harmonização Orofacial - Legislação

Formação e Especialização

Para que um dentista possa praticar a HOF, ele deve completar um curso de especialização que esteja em conformidade com as diretrizes estabelecidas pelo CFO. O curso deve ter uma duração mínima de 500 horas e incluir tanto instrução teórica quanto prática. Uma vez que o curso seja concluído com sucesso, o dentista poderá solicitar a inscrição de especialista no Conselho Regional de Odontologia (CRO) do seu estado.

Além disso, a resolução estipula que os procedimentos invasivos não cirúrgicos (como a aplicação de preenchimentos dérmicos e a administração de toxina botulínica) só podem ser realizados por dentistas que tenham concluído um curso de formação nesta área. A formação deve ser credenciada por uma instituição reconhecida pelo CFO, como o Instituto Lidia Henninger.

Entendendo a Legislação Brasileira para Harmonização Orofacial

Quais Procedimentos São Permitidos?

A HOF é uma área ampla que inclui uma variedade de procedimentos estéticos e funcionais. No entanto, nem todos os procedimentos estão autorizados para todos os dentistas. Alguns procedimentos, como exemplo, a aplicação de preenchimentos e a administração de toxina botulínica, podem ser realizados por qualquer dentista que tenha concluído a formação adequada ou qualquer outro profissional prescritor o qual o conselho de classe libera para tal ato. Outros procedimentos, como a lipoaspiração mecânica da papada (remoção de gordura abaixo do queixo) e a bichectomia (remoção do tecido gorduroso nas bochechas), são considerados procedimentos cirúrgicos e só podem ser realizados por dentistas capacitados para esses procedimentos. 

Veja na aba cursos do nosso site e saiba tudo que um especialista em harmonização facial pode fazer através dos nossos cursos.

Entendendo a Legislação Brasileira para Harmonização Orofacial

Responsabilidades dos Profissionais

Os dentistas que praticam a HOF têm a responsabilidade de manter o mais alto padrão de cuidado com os pacientes. Eles devem informar claramente aos pacientes sobre os benefícios e riscos dos procedimentos e obter o consentimento informado antes de qualquer tratamento. Além disso, devem manter-se atualizados sobre os mais recentes avanços e diretrizes na área da HOF.

A regulamentação da prática da Harmonização Orofacial no Brasil tem como objetivo garantir que os procedimentos sejam realizados de forma segura e eficaz, e que os profissionais estejam adequadamente treinados. Como sempre, é importante que os profissionais e os pacientes se informem sobre a legislação e as diretrizes atuais para garantir que estão em conformidade.

Em resumo, a Harmonização Orofacial é uma área em rápido crescimento e a legislação está se adaptando para acompanhar essas mudanças. A compreensão e a adesão à regulamentação atual é crucial para os profissionais que desejam praticar a HOF, bem como para os pacientes que buscam esses serviços. Sempre consulte um profissional licenciado e certificado ao considerar qualquer procedimento de HOF para garantir a segurança e a eficácia do tratamento.

O Instituto Lidia Henninger é dedicado à formação de profissionais de HOF de alto nível, com ênfase no rigor técnico, ético e científico. Se você é um profissional que deseja avançar na sua carreira na área de Harmonização Orofacial, convidamos você a saber mais sobre os nossos programas de formação, que estão totalmente alinhados com a legislação e as diretrizes profissionais

Clique abaixo e leia a mais sobre  Legislação  Brasileira de Harmonização Orofacial no site do orgão competente.

1 responder

    Trackbacks & Pingbacks

    1. […] no mercado: Em um mercado competitivo, a formação em harmonização orofacial pode ajudar a diferenciar você de outros profissionais. Isso pode torná-lo mais atraente para […]

    Deixe uma resposta

    Want to join the discussion?
    Feel free to contribute!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *